1ST PAGE FACEBOOK ASK SUBMIT BYE
CALMA
THEME BY FLORESTASMORTAS | FM ©
“Mas as coisas vão acontecendo… as pessoas se vão, ou deixam de nos amar, ou não nos entendem, ou nós não as entendemos… e nós perdemos, erramos, magoamos uns aos outros. E o navio começa a rachar em determinados lugares. E então, quando o navio racha, o final é inevitável. (…) Mas ainda há um momento entre o momento em que as rachaduras começam a se abrir e o momento em que nós rompemos por completo. E é nesse intervalo que conseguimos enxergar uns aos outros.”
Cidades de Papel.    (via fixness)
“Se a vida é feita de idas e vindas, por que tu foi e não voltou, meu amor?”
A Escritora de Bar.  (via capitule)

Tô precisando de moisés pra abrir um caminho nessa maré de azar da minha vida.

“Eu queria ser seu último amor. Mas sabia que não era. Sabia e a odiava por isso. Eu a odiava por não se importar comigo. Eu a odiava por ter me deixado naquela noite. E odiava a mim mesmo por tê-la deixado ir embora, porque, se eu tivesse sido suficiente, ela não teria querido ir embora. Simplesmente teria se deitado comigo, conversado e chorado. E eu a teria ouvido e teria beijado as lágrimas que caíam dos seus olhos.”
Quem é você, Alasca?  (via fixness)
“Uma vida baseada em sei lá, talvez, ou quem sabe.”
Johnny.   (via abominou)